PS: Para quem tá procurando os vídeos de Las Vegas e outros mais e não tá encontrando no Youtube é só me pedir que eu passo os links, deixa comentário pedindo. Eu coloquei todos os videos na opção "oculto"do youtube, ou seja, só consegue ver o video quando eu der o link.

É vergonhoso, mas eu estou há dois meses escrevendo esse post de merda.
Comecei a minha contagem regressiva para voltar para casa.

Para começar o post devo dizer que decidi ser aupair por mais um ano. Antes que você pense em completar a sua frase eu já adianto que louca é a sua mãe.
Gostei dessa história de ser aupair de cinco e renovei com a mesma família. Louca, pero no mucho. Não contente em estrepar um ano, decidi ficar mais um ano, só para fazer tuu-uudo de novo. Não é romântico?

Deza já voltou para o Brasil. Pra quem ainda não sabe, nós fizemos treinamento juntas, torramos em Las Vegas, nos estrepamos em LA, dormimos para fora do hotel, pagamos pulinho na praia, e negamos o Hi5 do negão.
Pena que eu não vou ter mais companhia para as viagens toscas, não vou ter mais quem concorde comigo quando o assunto é gente feia e lugares que todo mundo acha o máximo e que odiamos e principalmente que eu não vou mais poder tirar sarro da touquinha de meia calça que ela, ANDREZA MENDES, coloca para dormir. Ela fica lindinha, parecendo o Seu Boneco ( que hora que é a merenda, chefia?).

Ah, que é mais um ano, né?Estão dizendo por aí que minha cabeça está na minha bunda, esse, segundo pessoas, seria o motivo pelo qual eu só faço merda.

Finalmente consegui passar no teste de direção em SFo, um porre da moléstia. Depois de dois testes mal sucedidos, um quase atropelamento da gordaça da bunda grande.

Na semana do Spring Break a família decidiu viajar durante 10 dias e eu fiquei para fazer outras coisas...10 dias sem o quinteto, isso sim é que se pode chamar de semana santa, semana da aleluia, natal e ano novo junto.
Minha páscoa foi diferente como todas as datas comemorativas desse país é diferente. Fui para um almoço na casa da "NeyNey".
Realmente, esse povo daqui é muito polido e passam os dias de páscoa e break da escola com os filhos, curtindo a família e coisas do tipo. No Brasil ( lá vem), as pessoas costumam correr para o supermercado mais perto para brigar por um ovo da páscoa que custa $25 dinheirinhos. Isso é muito dinheiro para gastar em um pedaço de chocolate que pode ser feito em casa e ainda por cima, fulano fica todo excitadinho para gastar esse tanto para comprar ovo para toda a família.
Tem namorado besta que corre para comprar ovo para a namorada "Diamante Negro" por $30. Qual é? Os ovinhos que você tem não está satisfazendo a namorada? Precisa de um terceiro?
Essa mesma panguazada que compra o ovo carérrimo é a mesma que volta no supermercado depois que a bagunça acabou para comprar os ovos que quebraram que ficam mais baratos depois da páscoa, achando que é econômia.

No mesmo dia de páscoa decidi ir mudar o cabelo. Fui em San Rafael para relaxar as madeixas e assim que entrei no salão eu vi a cara de "Minha nossa senhora, que é isso?" da cabeleireira quando eu disse que queria relaxar o black power. Ela só precisou usar quatro tubos.

Okay, vamos parar de encher a linguiça e trabalhar um pouco nisso aqui.

Tudo está indo bem, obrigada. Algumas mudanças, algumas doloridas que já passaram. Tenho conhecido pessoas legais, isso significa que eu deixei de ser bunda mole e comecei a sair um pouquinho mais.
Eu já elegi o meu ponto de encontro com alguns amigos. Matrix, que fica ali na Fillmore. O critério de eleição foi: Lugar mais ou menos limpo, ar condicionado, Fumar é proibido e é de graça para entrar. Opa! É aqui mesmo que vou empacar o meu burro, toda sexta-feira estou lá, tanto que fiquei amiga dos seguranças negão que tem por lá. Eu chego e nem preciso mostrar minha identidade, eles já me avistam e soltam "Hey Gorgeous, gimme a hug" e entro.
É um bar dançante, certo? Mas isso não significa que eu tenho que beber, porque eu não tenho costume de beber. Comemorei os meus 28 anos lá, essa foi a primeira vez que eu pisei naquele lugar e fiquei tão entendiada e fui na pizzaria da frente comer um pedacinho, a fome já estava querendo corroer os meus ossos. Quando voltei minhas duas amigas estavam conversando com alguns rapazes...Ops! Eu acho que perdi alguma coisa, deixa eu encostar aqui nessa muretinha e fazer par com ela.
Não existe coisa mais humilhante do que ficar de vela quando amigas estão se dando bem e eu encostada na muretinha fingindo cara de conteúdo em um lugar que só tinha gente mais ou menos bêbada. Na verdade é difícil distinguir quem é bêbado e quem não é bêbado, as pessoas dessa cidade são naturalmente malucas e agem como retardadas.

Ainda continuando a dança com a muretinha do bar chega um negão e me diz "Hey, my friends thinks you are gorgeous"..
Ah, claro, eu sou completamente exuberante. De duas, uma. Ou esse seu amigo deve estar prá lá de Botucatu ou deve ser filho do Stevie Wonder.
Partindo do ponto que em algumas partes desse país os negros só andam encangados um no outro e vendo que o nêgo era bonito, eu, pessoa que faz as mais absurdas deduções, deduzi que o amigo dele era negão e que deveria ser bonito ou tão mais bonito que ele e disse "Sure, where's your friend?"
Pra quê eu disse isso? Pra quê? Me chega um gordin, Catalão, até que engraçadinho. O negão foi embora e eu fiquei chupando dedo e o gordin conversando comigo.
A pior coisa  foi quando eu cai na besteira de dizer que eu era brasileira. O cara arregalou um sorriso do tamanho de um mundo, jogou as em cima dos meus ombros, e eu já me esquivando que qualquer coisa que o gordin poderia fazer, chegou mais perto de mim (e eu já pensando que o ogro ia me beijar e eu ia virar Fiona)  e soltou: "Ronaldinho Gaúcho"!
Me senti tão gostosa naquele momento, imagine como é gostoso um cara olhar para você e dizer "Ronaldinho Gaúcho". Já me imaginei com aqueles dentes saltados para fora, aquela bandana na cabeça e pernas arqueadas  e bola no pé... Quase que eu enfiei a mão no suvaco para ver se estava fedorento.
Como não bastasse, o amigo começou a gritar "Barcelona, barcelona" e eu pensando qual seria o melhor momento para vazar dalí sem que alguém veja. Não consegui sumir de lá antes que ele me contasse todo o amor que os espanhóis têm pelo Ronaldinho Gaúcho. Colocava uma mão no peito e falava do Gaúcho como se estivesse pronto para ouvir o hino nacional. Pensava eu que corintiano era maluco.
Me esquivei do amigo e decidi ir embora, foi quando ele catou a minha amiga pelo braço e pediu o meu telefone e ela deu...merda!
Semana seguinte recebo uma mensagem que eu nem sabia de quem era, mas logo me dei conta que era do espanhol: "Hi, nice to see you at Matrix. BTW, you wanna watch the European Soccer League with me on Saturday?"
Quem mais me convidaria para assistir ao jogo Final do Barcelona x Manchester United em um bar? Ok, falei que ia mas eu não fui. Migué da aupair.

Mudando de assunto...
Fui à 100°Bay to Breakers, uma corrida que todo mundo sai fantasiado ou pelado. Fotos no final do post


Decidi que um dia eu vou casar. Não, não estou doente e acredito que isso não é mal passageiro. Todo mundo precisa de um cobertor de orelhas, todo mundo precisa juntar a escova de dente e todo mundo merece levar uma encoxada que não seja de um estranho no ônibus.
De certa forma, durante algum tempo eu tenho deixado essa parte da minha vida de lado, mas eu decidi que não vou deixar isso de lado mas que também eu não vou dar importância extrema para isso, ou seja, não vou ficar pensando dia e noite sobre isso feito beata louca para casar e nem menosprezar e deixar isso de lado. Vou apenas observar mais as minhas opções e dar oportunidades.

Desde que eu comecei a pensar desse jeito, na minha horta começou a chover... granizo e dragão dos brabos, igual o granizo do Vartin que demorou 45 dias de calor intenso para derreter.
Puta que merda! Só nêgo fubazento, careca e sei lá se dei o azar de algum ser sem dente. Desde que comecei a sair mais de noite ( não necessariamente balada) isso tem acontecido, um pede o telefone aqui, o outro ali e aí quando me mandar torpedo eu dou uma de Maria-sem-perna ( feminino de João-sem-braço)e não respondo. Ah, mas eu não respondo mesmo.
Vamos ver o que acontece...Estou aceitando os currículos e fazendo seleção.



Algumas fotos do bay to Breakers.. ( é, eu sei que esse post tá uma merda, prometo que o próximo vai ser mais interessante, vamos ver em quantos jogos do Barça eu vou ter que ir)








Agora eu posso usar uma peruca black power..